sexta, 07 fevereiro 2014 15:57

O projeto E-ARTE atravessou o Atlântico e participou na edição de 2014 da FIART – Feira Internacional de Artesanato, em Natal, Brasil. Foi, também, durante este certame que decorreu a reunião de encerramento do projeto E-ARTE, durante a qual se debateram os resultados obtidos, muito positivos e profícuos.

Durante a FIART e integrado no stand Eco Green Life, decorreu a apresentação do Guia de Artesanato das Serras de Montemuro, Arada e Gralheira e o Guia das Artes e Ofícios do Vale do Minho, assim como se procedeu à apresentação do portal de comercialização www.eartesanato.com.

Para além da ADRIMAG e ADRIMINHO, parceiros nacionais do projeto,  também a PRÓ-RAIA e a ADL estiveram presentes na FIART, as quais manifestaram interesse nos resultados obtidos com o desenvolvimento do projeto E-ARTE.

Os novos rumos que o artesanato tomou com o projeto E-ARTE é, para a ADRIMAG e para a ADRIMINHO, motivo de grande satisfação, na medida em que contribuiu para o desenvolvimento do setor e de todos os que a ele estão ligados, nomeadamente os artesãos.

terça, 17 dezembro 2013 10:36

No âmbito do projeto EARTE, a ADRIMAG participou na 3ª edição do Fórum Nacional de Artesanato FONARTES 2013, em S. Vicente, Cabo Verde. Ainda no âmbito desta participação, realizou-se uma sessão de formação relativa ao processo de atualização de informação no portal de divulgação EARTE, www.eartesanato.com , assim como algumas reuniões com parceiros com vista a definir futuras estratégias de cooperação.

segunda, 16 dezembro 2013 11:09

Decorreu no dia 02 de dezembro o encerramento da formação “Identidade e Inovação nas Artes e Ofícios - Produtos Artesanais enquanto Embaixadores das Montanhas Mágicas” com a presença do Presidente da Direção da ADRIMAG, Engº Artur Neves, o coordenador da ADRIMAG, João Carlos Pinho, e a coordenadora da formação do CEARTE, Dra. Ana Cristina Mendes.

Esta formação, ministrada pelo Dr. João Amaral, visou encontrar novas formas de conceção, produção e promoção dos produtos de artesanato e identificar boas práticas de produção existentes no território das Montanhas Mágicas, a qual obteve um feedback muito positivo. Esta formação será replicada num futuro próximo, dado o sucesso obtido e a satisfação dos formandos participantes. A mesma será anunciada em data oportuna.